13/03/2020 às 09h23min - Atualizada em 13/03/2020 às 09h23min

CORONAVÍRUS: GRANDES EVENTOS ESTÃO CANCELADOS NO ESTADO; AULAS ESTÃO MANTIDAS E IDOSOS VÃO SER VACINADOS EM CASA

Entre as medidas emergenciais para impedir o aumento de pessoas infectadas pelo coronavírus, o governador Ronaldo Caiado medidas emergenciais.

 

Caiado anunciou que eventos estaduais com maior aglomeração de pessoas serão cancelados, adiados ou restritos. Os próximos jogos do Campeonato Goiano, por exemplo, ocorrerão sem torcida nos estádios, apenas com os jogadores em campo e demais profissionais que compõem o evento esportivo, como a imprensa. Até o momento não existe a recomendação de que sejam suspensas aulas nas escolas e faculdades.


Com o anúncio do Ministério da Saúde de antecipar a vacinação contra gripe para o próximo dia 23, o governo anunciou que, em Goiás, os idosos terão atendimento domiciliar, como forma de intensificar a prevenção. Para o governador, essa é uma forma de proteger a população de terceira idade do vírus, público tido como o mais vulnerável.


No âmbito da gestão pública, cada secretaria de Estado poderá definir horários alternativos de expediente para servidores que utilizam o transporte público, a fim de evitar horários de pico, onde há maior concentração de passageiros. E para as empresas que administram os ônibus, a recomendação é higienizá-los de maneira mais recorrente. O mesmo vale para táxis e transportes individuais por aplicativos. Protocolos de higienização serão divulgados pelo Estado.


Sobre a contenção da doença, a superintendente em Vigilância Sanitária da SES-GO, Flúvia Amorim, disse que o Estado trabalhará em parceria com os municípios para monitorar todos os casos suspeitos e confirmados, incluindo as pessoas que tiveram contato com os pacientes. “Todos os contatos serão monitorados por 14 dias, que é o período máximo de incubação”, informou. “Todo esse trabalho de monitoramento, assistência e comunicação faz parte do plano de contingência para que a gente tenha o menor número de casos graves e de óbitos possível”, explicou a superintendente.


Secretário de Estado da Saúde, Ismael Alexandrino lembrou a “Operação Regresso”, realizada em fevereiro, quando a Base Aérea de Anápolis recebeu repatriados da China que ficaram em regime de quarentena. Na ocasião, o Governo de Goiás adiantou protocolos de segurança para enfrentar o coronavírus, o que vai auxiliar no enfrentamento a partir de agora. “Goiás foi o primeiro a apresentar o plano de contingência ao Ministério da Saúde, o primeiro a instituir o Comitê de Operações Estratégicas, o pioneiro no que tange ao reconhecimento de vírus em laboratório, através do Lacen”, pontuou.


Citado pelo secretário, o Laboratório Estadual de Saúde Pública Hospital Dr. Giovanni Cysneiros é referência em todo o Centro-Oeste, e foi determinante no diagnóstico de todos os 34 brasileiros que vieram da China, bem como dos 24 assistentes que ficaram acompanhando os repatriados, somando 58 pessoas que ficaram em isolamento.


Em relação a locais como os presídios, em que não existe a possibilidade de reduzir a quantidade de pessoas aglomeradas, a SES-GO já implantou os protocolos de atuação para que sejam dirimidas as expectativas de infecção. Desta forma, Ronaldo Caiado reiterou que não há motivo para pânico, uma vez que Goiás é o Estado com maior capacidade de enfrentamento do coronavírus no País. “Quero é tranquilizar os goianos, que não fiquem nessa expectativa de toda hora querer fazer o exame. O exame só deverá ser feito no momento que a pessoa sinta, além de tosse e resfriado, dificuldade de respirar”.


( Foto: Octacílio Queiroz)
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se as eleições fossem hoje em qual Candidato você votaria para prefeito de Itapaci ???

22.2%
3.2%
4.8%
0.8%
51.6%
2.0%
6.3%
0.8%
1.2%
0.4%
2.4%
4.4%